sábado, 29 de abril de 2017

Vote! Pesquisa da cbinsights: Qual o produto de consumo mais inovador desde o Iphone?


A empresa CBinsights vem fazendo uma pesquisa popular para ver qual produto de consumo mais inovador depois da criação do Iphone.

Algumas rodadas já foram realizadas, com o Playstation VR, Powerwall da Tesla e o Microsoft Surface perdendo para o Raspberry Pi.

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Assistente do Google chega ao Raspberry Pi graças a liberação de sua SDK (preview)

Créditos: Google

A SDK preview do Google Assistant foi liberada a poucos dias, permitindo sua utilização em dispositivos de terceiros.

Com o lançamento, o Google não somente endossa sua utilização, como também traz guias para o Raspberry Pi 3.

Links da semana 0111 0010


The worlds smallest Raspberry_Pi gaming device!!!! ready to play some Pico-8 games :)

Streaming from a telescope with raspberry pi and 3D printed mount

Setting up the Raspberry Pi Zero W for wifi monitor mode

Pi3 Overclock For N64, Finally Eliminated Lag, Stable

Raspberry Pi Powered Clay Thrower

FishPi v0.2 - RPi3 Aquarium Controller - Update from last week!

Open Pick and Place Robot running off Raspberry Pi

You Need A Lot Less Board Than You Think

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Vídeo do overclock extremo de 1600Mhz e Raspberry Pi stock à -10C


Saiu finalmente nosso vídeo sobre o overclock extremo de 1600Mhz no Raspberry Pi Zero. Aproveite e inscreva-se em nosso canal no youtube. Link direto do vídeo caso queira.

Projeto do leitor: Console portátil com Raspberry Pi

Console portátil com Raspberry Pi
Créditos: Tiago Vieira

O leitor Tiago Vieira nos enviou fotos do seu console portátil que ele acaba de concluir. Segundo ele foram quase 2 anos até o término.

terça-feira, 25 de abril de 2017

AutoPi: Plataforma IoT para seu carro com Raspberry Pi

AutoPi raspberry pi zero

O Raspberry Pi vem sendo utilizado até com certa frequência em carros, cada um com seu propósito. Alguns se aproveitam da conexão ODB2 dos carros modernos para ler sensores e apresentar uma série de dados em uma tela.

O AutoPi utilizou o Raspberry Pi Zero na criação de um produto para ser usado de forma prática no carro. Originalmente a ideia era utilizar o Raspberry Pi Compute Module, entretanto com o lançamento do novo modelo Zero perceberam que era mais interessante para seu projeto, além do menor custo.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

PiGI: Expansão open hardware para detecção de radiação (contador Geiger)

PiGI contador geiger

A expansão PiGI foi projetada para transformar seu Raspberry Pi em um contador Geiger ou dizendo de forma simples: um detector de radiação.

É claro que só a placa não faz o serviço sozinha, sendo necessário um tubo Geiger-Müller para detecção. Esses tubos costumam trabalhar em tensões bem elevadas (cerca de 400/600v no caso de detectores beta e gama). A expansão é capaz de gerar até 1000V, na teoria suficiente até para outros tipos de tubos que detectam também partículas alfa.

ZX Spectrum Next traz a possibilidade de usar o Raspberry Pi Zero como placa aceleradora

ZX Spectrum Next

O ZX Spectrum Next é um computador compatível com o original ZX Spectrum. Ele utiliza uma FPGA além de ter possibilidades de expansão.

Um detalhe que me chamou atenção é a possibilidade de utilizar o Raspberry Pi Zero como placa de expansão aceleradora, uma inversão do que geralmente acontece na utilização da placa (já que em geral ela que utiliza expansões).

O projeto em si tem as seguintes especificações (muitas implementadas via FPGA):

domingo, 23 de abril de 2017

Raspberry Pi estaria prestes a receber uma expansão oficial para sinal de TV digital?

raspberry pi tv hat

Algumas pistas demonstram que o Raspberry Pi irá receber uma expansão para TV Digital. Uma em específico me faz crer que será uma expansão oficial da fundação, embora não seja certeza.

Garimpando pelos últimos commits do firmware oficial do Raspberry Pi, um deles era diferente, citando a inclusão do suporte à: "Raspberry Pi TV HAT".

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Câmera para fundo ocular baseada no Raspberry Pi

Câmera para fundo ocular
Créditos: Bailey Y. Shen e Shizuo Mukai / CC BY 4.0

O fundo ocular de um paciente é uma das partes examinadas por oftalmologistas para identificação de problemas. Em geral é necessário dilatar a pupila para iluminação interna e sua visualização (sem a dilatação a pupila fecha). Hoje já existem scanners como o Nonmyd WX3D (inclusive é 3D) que dispensam esse problema, mas com custo de cerca de US$30000 (R$94219,62).

Pesquisadores da universidade de Illinois em Chicago construíram uma câmera protôtipo para fundo ocular baseada no Raspberry Pi. A ideia é realizar o exame sem a necessidade de todo aquele desconforto.

terça-feira, 18 de abril de 2017

É possível "aumentar" 16MB de RAM no Raspberry Pi 2 e 3. (experimental)


Um detalhe que deve ter passado despercebido por muitos (eu inclusive) é que no Raspberry Pi 2B/3B, ambos com 1GB de RAM, somente 1008MB são úteis ao contrário de 1024MB. Rodando os comandos abaixo por exemplo você saberá como a memória cpu/gpu estão divididas:

$ vcgencmd get_mem arm
arm=944M
$ vcgencmd get_mem gpu
gpu=64

No meu exemplo somando 944+64=1008MB.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

É Brasil! 1600Mhz! Recorde de overclock no Raspberry Pi Zero é nosso! Primeiro lugar em pontos no HWBOT prime!

overclock extremo no Raspberry Pi Zero

É com alegria que anuncio nosso recorde mundial de overclock no Raspberry Pi Zero com 1600Mhz. Não somente isso, ultrapassamos o primeiro lugar em pontos do HWBOT prime para o SoC BCM2835!

Há alguns dias eu postava em nossas redes sociais a imagem abaixo com a legenda "Hoje é dia de maldade", a maioria pensou que o componente havia caído, mas na realidade ele foi removido de propósito. Era o início de uma modificação de hardware para overclock.

sábado, 15 de abril de 2017

Raspberry Pi 3 é utilizado em robô vendido por partes em revista no Japão

Robo Atom com Raspberry Pi 3

Produtos finais empregando o Raspberry Pi não são novidade, mas o produto em questão agora é um robô baseado no personagem Atom, conhecido também como Astro Boy. O projeto foi realizado por diversas empresas além da Kodansha (responsável pela revista) como VAIO, Fujisoft, Docomo e Tezuka Productions. O produto conta com reconhecimento de voz, de face e outras particularidades.

NetPi-IDE transforma Raspberry Pi Zero em um HD

NetPi-IDE
NetPi-IDE e Raspberry Pi Zero W. Créditos: AlanH

O objetivo desse projeto é a criação de um emulador de discos ATA (PATA) IDE utilizando o Raspberry Pi Zero, transformando-o em um "HD". Na placa controladora, temos um FPGA (Lattice MachXO2) que se comunica com o Raspberry Pi utilizando principalmente a conexão SPI.

O FPGA é utilizado tanto para comunicação (ponte) como para manter registros do IDE e estado de I/O. No Raspberry Pi um daemon em userspace processa as requisições ATA e devolve os resultados para o FPGA.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Micro Dot pHAT: Matriz de micro LEDs para Raspberry Pi Zero

Micro Dot pHAT

Criada pela Pimoroni, a Micro Dot pHAT é uma expansão matriz diferente. Ao invés de grandes leds ou displays numéricos comuns ela utiliza 6 módulos com matrizes de 5x7 micro leds cada, totalizando 210 leds. Cada módulo contém também um led para pontuação.

O visual fica bem diferente das outras matrizes geralmente utilizadas. Nessa versão é possível criar um espectro de áudio de 30 bandas por exemplo. Nesse modelo o fabricante não citou nada sobre a intensidade, embora o chip utilizado indique a possibilidade por matriz (e não individualmente).

quarta-feira, 12 de abril de 2017

RAIO-X de diversos modelos do Raspberry Pi

Créditos: Giles Read

Não, o Raspberry Pi não está doente na sala de exames. Há alguns anos imagens de raio-x tem sido tiradas de vários modelos. A foto de capa por exemplo é do Raspberry Pi 3 Modelo B. Alguns modelos infelizmente não achei fotos, como do B+, A+ e Model A.

terça-feira, 11 de abril de 2017

Atualização no Windows 10 IoT Core traz Cortana ao Raspberry Pi

Créditos: Microsoft

Na última atualização chamada de "Creators", a Microsoft trouxe finalmente sua assistente pessoal para a versão IoT do seu windows 10.

A assistente pessoal é mais uma alternativa para uso no Raspberry Pi e outras placas similares.

Há alguns detalhes para a assistente funcionar (traduzido de sua página):

Sistema FPV/OSD de baixo custo com Raspberry Pi Zero

raspberry pi quadcopter fpv osd

O projeto de Maksim Surguy consiste em utilizar o Raspberry Pi Zero como um sistema de FPV e OSD capaz também de realizar a gravação dos vídeos. Em seus testes o consumo fica na casa dos 200mA enquanto está gravando um vídeo de 1080p.

O Raspberry Pi Zero em conjunto com a câmera oficial atua como sistema de captura e OSD. Ele conectou seu transmissor FPV já existente a saída de vídeo analógica da placa. Segundo ele a utilização de Wi-Fi não é tão interessante quando estamos lidando com um processador e conexões limitadas. Sua solução alcançaria uma distância suficiente para seu propósito.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Unboxing e primeiras impressões do Raspberry Pi Zero W (Agora com Wi-Fi e Bluetooth)

Raspberry Pi Zero W brasil

Finalmente nosso Raspberry Pi Zero W chegou. Segue no vídeo abaixo o unboxing e as primeiras impressões. Aproveite e inscreva-se em nosso canal no youtube. Link direto do unboxing caso queira.

Emulador do Sense HAT baseado em web recebe atualização, agora em 3D!

Emulador do Sense HAT

Lembram do primeiro emulador para Sense HAT? Aquela versão web, antes mesmo de inventarem a versão desktop. Uma atualização recente trouxe alguns recursos a mais.

Speaker pHAT: Expansão para Raspberry Pi Zero traz alto falante de 2W e VU meter

Speaker pHAT

A Speaker pHAT é uma expansão para Raspberry Pi Zero com DAC, amplificador mono e VU meter de 10 leds. Ela traz consigo um alto falante de 2W que é parafusado na parte de baixo. A placa vem em formato de kit sendo necessário soldar tanto o header de 40 pinos quanto os do alto falante. O Raspberry Pi Zero já tem que estar com o header macho também soldado para o encaixe.

domingo, 9 de abril de 2017

Scroll pHAT HD: Matriz de leds 17x7 para Raspberry Pi Zero

Scroll pHAT HD

Criada pela Pimoroni a scroll pHAT HD é uma evolução da já antiga scroll pHAT, ela conta com uma matriz de LEDs brancos de 17x7 (são 119 leds!), a expansão original tinha 5x11 (55 leds). Apesar do tamanho, a placa também é compatível com o Raspberry Pi 3B,2B,B+ e A+.

Outra melhoria é que na nova versão é possível controlar a intensidade do brilho de cada "pixel" individual, na versão antiga a intensidade controlada era geral. Esse recurso permite efeitos muito melhores do que na versão antiga. São 8 bits para esse controle ou seja, 256 intensidades diferentes controladas individualmente.

Pigeon: Câmera de monitoramento com Raspberry Pi Zero W

Créditos: Geraldo Ramos

O Pigeon foi criado pelo brasileiro Geraldo Ramos, co-fundador da . O projeto é uma câmera de monitoramento que ao detectar movimentos armazena seu conteúdo no Dropbox. Além disso é possível o streaming do vídeo diretamente para seu desktop ou celular.

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Macintosh Classic com LEGO e Raspberry Pi Zero

Macintosh Classic com LEGO
Créditos: Jannis Hermanns

Munido de um Raspberry Pi Zero, Dongle Wi-Fi, display e-paper, Jannis Hermanns criou um Macintosh Classic com LEGO e rodando o Docker. O computador original foi um dos primeiros que Jannis utilizou, por isso a escolha. A criação foi feita como um presente de aniversário para um amigo.

O display utilizado é um e-paper de 2,7" de 264x176 da Embedded Artists.

netPI: Placa baseada no Raspberry Pi 3 é uma das primeiras customizações para a indústria


Raspberry Pi 3? Raspberry Pi Compute Module 3? Que nada, o negócio é customizar uma placa totalmente nova.

O serviço de customização se iniciou no final de 2015 em uma parceria da Element14 e Raspberry Pi Trading.

A empresa que contratou o serviço é a Hilsher, que está no mercado à 30 anos. Hoje ela é especializada principalmente em ASICs para sistemas ethernet em tempo real (chamados também de ethernet industrial) que utilizam protocolos como EtherCAT, EtherNet/IP, PROFINET, POWERLINK, SERCOS III, CC-Link IE, Modbus/TCP.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Cuidado ao utilizar a marca Raspberry Pi no Brasil. Principalmente em produtos.

Logo retirado do PDF de diretrizes de identidade visual

Por aqui evito ao máximo a utilização indevida da marca e logo da fundação. Há casos em que são permitidas pela mesma seguindo algumas diretrizes.

Veja que não estou querendo ser hipócrita, nem julgando os que usam, os que vendem acessórios com o nome/logo ou algo do tipo. Estamos apenas informando algo que talvez a maioria não sabe: A marca já está registrada no Brasil para algumas classes e futuramente estará em mais delas.

Raspberry Pi Zero W em um antigo controle de NES com ajuda de uma impressora 3D


A adaptação acima foi feita por Zach em seu controle do antigo NES que ele chama de GamePad Zero. A ideia não é nova, tendo sido empregada já em outro tutorial embora com o Raspberry Pi Zero comum. Os créditos do design mesmo vão para Brandon Fesser que disponibilizou em 2016 o modelo STL no thingverse, embora outros designs mais simples já existissem.

A ideia é substituir totalmente a parte de baixo do controle, tendo assim mais espaço e roscas específicas para o Raspberry Pi Zero W ser fixado.

terça-feira, 4 de abril de 2017

Tableau: Criação de música generativa com sensores do Sense HAT e Raspberry Pi 2


Música generativa (termo criado por Brian Eno) é a música criada por sistemas de forma imprevisível. Existem diversos softwares tanto para PC quanto para smartphones que visam criar essas formas de música.

Giorgio Sancristoforo é um famoso criador de música eletrônica e criador do Tableau. Ele se aproveitou dos sensores de pressão, umidade, magnético e temperatura do Sense HAT para sua criação. Diz ele que já sonhava há um bom tempo em criar um álbum desse tipo de música com micro computadores.

Blog In A Box: A forma mais fácil de subir um Wordpress no Raspberry Pi

Wordpress no Raspberry Pi

Blog In A Box traz um instalador de imagem com o Wordpress prontinho para uso no seu Raspberry Pi. É possível inclusive configurar a rede e senha Wi-Fi antes de gravar no cartão.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Kit POCO Zero com Raspberry Pi traz muito, mas você pagará o preço


Antes desse kit, a ideia do POCO já existia na mesma empresa (Grant Sinclair), mas infelizmente a campanha deles não foi pra frente, arrecadando somente US$2576 de US$30 mil. O POCO original tinha muito mais recursos e utilizava o Raspberry Pi Compute Module, mas apesar de sua beleza os preços não eram nada atrativos.

Ao que parece a Grant Sinclair resolveu focar em algo de "menor" custo, nasceu então o Kit POCO Zero, utilizando o Raspberry Pi Zero W.

VM205: Osciloscópio e analisador lógico para Raspberry Pi

Ociloscópio e analizador lógico Raspberry Pi

O VM205 é uma expansão que visa transformar o Raspberry Pi em um osciloscópio e analisador lógico. A placa foi projetada na época do antigo Raspberry Pi Modelo B, embora seja compatível com modelos mais atuais e utiliza comunicação SPI.

domingo, 2 de abril de 2017

Execução de jogos como CS e Diablo II agora são viáveis no Raspberry Pi com nova versão do Exagear


O Exagear é um software pago de máquina virtual que torna possível a execução de aplicativos Intel x86 em processadores ARM. O Raspberry Pi, assim como algumas outras placas tem suporte oficial do software.

Alguns usuários já vinham utilizando o Exagear para rodar certos softwares, como por exemplo o Spotify no Raspberry Pi (hoje não sendo mais necessário).

A empresa russa Eltechs por trás do Exagear diz que o software é 5 vezes mais rápido que a alternativa aberta QEMU.

Raspberry Pi 4?! Esse cara merece um troféu do 1 de abril

Raspberry Pi 4 fake
Créditos Voltlog

Citar um novo Raspberry Pi 4 no dia da mentira é previsível, mas o que esse cara fez é digno de um troféu. Acha que essas fotos são montagens? Pois não são, embora uma delas tenha tido o modelo dos chips apagados.

O criador do blog/canal VoltLog fez o que considero ser a melhor pegadinha de primeiro de abril na história do Raspberry Pi. Ele projetou e mandou fabricar uma placa do zero (embora não para ser funcional) imitando o formato dos Raspberry Pi's, que seria um possível Raspberry Pi 4 que ele tinha acesso.

A placa contém 5 portas USB C, nenhuma TYPE A, "novo" SoC, ethernet, hdmi, conector combo para câmera e display.

sábado, 1 de abril de 2017

Raspberry Pi 3 será fabricado no Brasil a partir de maio com valor surpreendente


Atualização: Aos que chegaram após a data do post, saiba que se tratou de uma piada de 1 de abril.

Finalmente o que os brasileiros esperavam irá se concretizar. Uma fábrica em Manaus irá produzir o Raspberry Pi 3 por encomenda da Fundação para nosso mercado.

A produção será iniciada a partir do dia 9 de maio. Por enquanto somente o Raspberry Pi 3 Modelo B será produzido, entretanto a fundação informa que poderá produzir também futuramente o Raspberry Pi Zero em solo nacional.

Sendo uma placa fabricada exclusivamente fora do Brasil, com a alta do dólar e impostos seu valor chega nas alturas.

sexta-feira, 31 de março de 2017

Links da semana 0110 1110


Criando um Netflix Particular com o Server Plex

Time Capsule com Raspberry pi

Emulando o Raspberry Pi com o QEMU (Raspbian GNU/Linux)

Adorable French mini-bike drives itself with the aid of a Raspberry Pi

Fallout 4 Raspberry Pi Terminal

The Most Secure Raspberry Pi Case Ever...

I made a wooden handheld game console using an rPi2 and a few other components

Pi-Plates: Família de expansões empilháveis para Raspberry Pi

Pi-Plates

PiPlates é uma família de expansões empilháveis para aquisição de dados, controle de motores, conversão analógica/digital e comutação com relés.

Segundo o fabricante, as placas foram concebidas para utilizarem a menor quantidade possível de pinos no header do Raspberry Pi. As placas ao contrário da grande maioria, tem um tamanho incomum, elas ultrapassam a área do Raspberry Pi, logo não são compatíveis com o padrão PiHat. Todas as placas da família são compatíveis com todos os modelos do Raspberry Pi.

A expansões reapareceram recentemente por que a Spark Fun também deu início a sua comercialização.

quinta-feira, 30 de março de 2017

Lançada 56ª edição da revista The MagPi

A já conhecida revista em inglês The MagPi traz os mais variados artigos e projetos sobre o Raspberry Pi. Ela começou com uma ideia em fóruns e já está na estrada desde Maio de 2012 quando teve sua primeira edição publicada. Atualmente ela é a revista oficial do Raspberry Pi.

The MagPi 56ª edição
The MagPi 56ª edição

quarta-feira, 29 de março de 2017

Será que explode? Raspberry Pi 3 e consumo desenfreado de corrente na porta USB


Segue o vídeo do nosso canal onde testamos a porta USB ultrapassando seus limites de corrente (1.2A) além da realização de curto circuito. Será que queima!? Aproveite e inscreva-se!

terça-feira, 28 de março de 2017

Consumo de energia do Raspberry Pi parte 6 - Versão 3 Modelo B

consumo do raspberry pi 3

Com um processador mais potente com clock maior, além de Wi-Fi e Bluetooth o consumo do Raspberry Pi 3 tende a ser maior.

Nossos posts sobre consumo de energia do Raspberry Pi tem sido a série mais extensa do blog até agora. Já passamos por 5 partes sobre o consumo que podem ser lidas nos seguintes links: 

Consumo de energia do Raspberry Pi parte 1

Consumo de energia do Raspberry Pi parte 2

Consumo de energia do Raspberry Pi parte 3 - Modelo B+

Consumo do Raspberry Pi parte 4 - Modelo A+ o campeão da economia

Consumo de energia do Raspberry Pi parte 5 - Versão 2 Modelo B

Se ainda não possui a placa, veja nossas dicas de onde e como comprar o Raspberry Pi 3 Modelo B.

segunda-feira, 27 de março de 2017

Ratherboard: Placa mãe de classe industrial para Raspberry Pi

Ratherboard

A Ratherboard é uma placa que em conjunto com o Raspberry Pi se torna poderosa. Definida como de classe industrial, traz consigo diversos recursos para criação de projetos de automação, monitoramento entre outros. A placa contém um case e conectores à prova de poeira e água (submerso até 1 metro) tornando-se já de fábrica uma opção para situações em ambientes críticos.

Jogando Mario Kart com seu próprio carro utilizando o Raspberry Pi e um Notebook

Imagem retirada do vídeo

Jogar dentro do carro já se tornou algo comum. Mas que tal utilizar o próprio volante e acelerador do carro para jogar?!

Foi exatamente o que o filho de Gordon Hlavenka fez em seu carro Chevolet Volt utilizando o sistema de dados ODB2. Em 2014 publicamos sobre a aquisição de dados via ODB por Paul para exibição dos mesmos em uma tela. A aquisição dessa vez é similar, embora com outro propósito.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Crystal Signal Pi: Expansão para notificação luminosa

Crystal Signal Pi

A Crystal Signal Pi é uma expansão engraçada, sua função é tornar o Raspberry Pi um dispositivo de notificação.

Criada por Tobias Kuhn, ela nasceu como um projeto no hackaday.io. A ideia veio porque Tobias trabalha em uma companhia com alguns servidores e precisava sinalizar erros ou outras situações de emergência.

A ideia veio para substituir um produto já existente, vendido no Japão chamado "keiko-chan", entretanto segundo ele, seu problema é o valor, um sinalizador de US$500 (R$1546,77), vide foto abaixo.

segunda-feira, 20 de março de 2017

Você sabia que 8 Raspberry Pi's 3 já hospedaram o site da Fundação Raspberry Pi?


Qual a melhor forma de mostrar do que seu produto é capaz? Colocando-o à  prova.

Se tratando do uso do Raspberry Pi como servidor, a fundação utilizou primeiramente como teste o Raspberry Pi 2 e 3 Modelo B no dia do lançamento. O Raspberry Pi 2 geriu 3% do tráfego e o 3 ficou com 5% (lembrando que estamos falando aqui de um tráfego monstruoso, que em dia de lançamento se multiplica de forma surreal). Testes anteriores foram feitos para os Raspberry Pi's gerirem 25% do tráfego em dias normais, que foram um sucesso.