segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Raspberry Pi modelo B+: Mais detalhes pertinentes e técnicos

Raspberry Pi B+
Raspberry Pi B+, Créditos: Adafruit

O novo Raspberry Pi modelo B+ já está à venda e teve algumas modificações visíveis, outras nem tanto. Algumas diferenças básicas já foram citadas em Lançado novo Raspberry Pi modelo B+ mas há outros detalhes importantes não tão visíveis.


Talvez o mais importante para o usuário final não citado no outro post é o fato de que agora as portas USB suportam muito mais corrente. Por padrão a corrente limite para as USBs do novo B+ é de 600mA, mas pode ser aumentada via software para até 1.2A caso possua uma fonte que de conta do recado. Isso quer dizer que é possível ligar um HD externo diretamente à porta USB do Raspberry Pi B+ sem a necessidade de um HUB ou extensão usb com fonte.

Para ativar o aumento de corrente nas portas USB caso necessário é preciso adicionar ao arquivo de configuração no diretório de boot, /boot/config.txt a seguinte linha:

safe_mode_gpio=4

Futuramente na próxima atualização de firmware isso será ativado por:

max_usb_current=1

Essa alteração também é possível de ser feita via software, colocando o GPIO38 como output e HIGH.

Com essa grande diferença de corrente nas USBs, no modelo B+ o polyfuse de proteção na entrada da fonte na placa foi modificado para 2A. Para a utilização de toda essa corrente nas USBs será necessário uma fonte de no mínimo 2A.

No novo modelo, caso a fonte estiver fornecendo menos de 4.63V. o LED power irá piscar ou se desligará, que facilitará identificar problemas.

O header P5 foi removido da placa, os GPIOs do header P5 não estão mapeados no novo header P1, mas alguns de seus recursos, como por exemplo PCM_CLK, pode ser utilizado por outro GPIO no P1.

Header P5 abaixo dos GPIOs
Header P5 abaixo dos GPIOs, créditos: Adafruit

Novo modelo B+ já sem o header P5
Novo modelo B+ já sem o header P5, créditos: Adafruit

Na imagem acima também é notável a disposição dos leds PWR e ACT que foram movidos e também os contatos nomeados como "RUN", isso trata-se do header P6 como era chamado na antiga placa, ele mantém a mesma funcionalidade, é possível ligar a placa ao dar um curto nos contatos ou quando ligada, resetar diretamente o SoC( lembrando que se trata de um hard reset ).

O chip LAN9512 foi substituído pelo LAN9514, esse chip que é um HUB usb integrado com controlador ethernet, é basicamente o mesmo do antigo, a diferença é que o HUB usb do LAN9512 era somente para 2 portas USB e o LAN9514 é para 4, agora necessário devido ao aumento de portas no modelo B+. Outra modificação em relação a esse chip é que não existe mais o cristal utilizado pelo chip LAN, agora o clock vem de um PLL no SoC BCM2835, identificado como GPCLK1, nos experimentos com sinais gerados pelo Raspberry Pi utilizávamos o GPCLK0. Para o funcionamento é preciso ter os arquivos de boot/firmware atualizados.

Novo chip LAN9514
Novo chip LAN9514, créditos: Adafruit

Não existem mais LEDs FDX,LNK,100 na pcb, o LNK que indica atividade e o 100( ou 100mbit ) que indica a velocidade foram movidos para a porta ethernet que agora contém 2 leds diferentemente da antiga. O FDX não existe mais.

Porta ethernet agora com leds
Porta ethernet agora com leds, créditos: Adafruit

Algo que pode ser percebido também é que os conectores USB já não mais saem para fora da placa ao contrário do modelo B.

Também não é possível fazer backpower via USB( alimentar o Raspberry Pi via USB, algo que muita gente fazia pelos HUBs USB ), mas ainda é possível alimentar a placa pelos pinos 5V do header GPIO.

Das placas de extensão quase todas devem continuar funcionando sem problemas, pois os primeiros pinos do header GPIO tem a mesma organização do antigo modelo 2, uma das poucas que não funcionarão é a placa de áudio Wolfson, devido à sua utilização do header P5.

Grande parte dos cases naturalmente não irão encaixar devido a nova disposição de portas, da quantidade de portas USB e também disposição dos furos para fixação.

Como dito no post de apresentação do novo Raspberry Pi B+ a saída RCA não existe mais, o sinal de vídeo agora está em um conector de 4 polos TRRS, sendo assim necessário um cabo apropriado (que seja compatível com Zune ou Ipod já que alguns tem a sequencia de pinos diferente).

Conector de 4 polos
Conector de 4 polos, crédito: Adafruit

Cabo de áudio e vídeo
Cabo de áudio e vídeo, créditos: Adafruit

Os pinos ID_SD e ID_SC são dedicados à EEPROM I2C, algo que será usado nos novos PiHATs.

Segue uma melhor ilustração forncecida pela Element14 de todos os pinos do Raspberry Pi B+.

Pinos do Raspberry Pi B+
Pinos do Raspberry Pi B+, créditos: Element14

Por enquanto a fundação não liberou o esquemático completo do novo Raspberry Pi B+, somente do esquemático dos conectores e dimensões da placa.

A questão de você precisar do novo modelo vai depender da sua necessidade, se você já tem um Raspberry Pi e não utilizará os novos recursos e portas da nova versão não compensa trocar de placa. Se você ainda não comprou seu Raspberry Pi pegar o novo modelo é interessante, mas caso mesmo assim você sabe que não necessitará dos novos recursos, o modelo B comum ainda será fabricado e por enquanto é o mais fácil de se encontrar.


Referências:
https://learn.adafruit.com/introducing-the-raspberry-pi-model-b-plus-plus-differences-vs-model-b/overview
http://www.raspberrypi.org/forums/viewtopic.php?f=63&t=81736
http://blog.everpi.net/2014/07/raspberrypi-b-plus-novo-lancado.html
https://projects.drogon.net/a-quick-look-at-the-new-raspberry-pi-model-b/
http://www.microchip.com/wwwproducts/Devices.aspx?product=LAN9512
http://www.microchip.com/wwwproducts/Devices.aspx?product=LAN9514
http://www.raspberrypi.org/forums/viewtopic.php?f=63&t=83590
http://elinux.org/RPi_BCM2835_GPIOs
https://projects.drogon.net/testing-setting-the-usb-current-limiter-on-the-raspberry-pi-b/
http://www.element14.com/community/docs/DOC-68203/l/raspberry-pi-b-gpio-40-pin-01-pinout?CMP=SOM-BPLUS-CSTANTON-PINOUT-TW

As imagens com créditos referentes à Adafruit estão sob licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0, algumas das imagens foram redimensionadas e ou invertidas.

23 comentários:

  1. Excelente post vlw, eu tenho um monitor VGA aqui sobrando, qual conversor você me aconselha a comprar (hdmi to vga) para usar no rasp? Preciso de um desses baratos do ebay

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, desculpe a demora, infelizmente eu não tenho um conversor para poder indicar especificamente, mas estava dando uma pesquisada e nem todos funcionam corretamente, na wiki do elinux tem algumas observações http://elinux.org/RPi_Screens#RGB_analog.2FVGA além de uma lista de compatibilidade http://elinux.org/RPi_Verified_Peripherals#HDMI-.3EVGA_converter_boxes algo importante é que na wiki aconselham a compra de um conversor com fonte externa pois caso contrário ele drenará a corrente do Raspberry Pi e já houve gente com problemas por causa disso.

      Excluir
  2. Olá, ótimo post, parabéns!

    Voltando ao assunto do adaptador hdmi para vga,você disse que
    sem fonte externa um adaptador destes pode acaba drenado energia
    da placa. O mesmo pode ocorrer com um adaptador DVI para HDMI?
    A verdade é que estou pensando em comprar um modelo b+ e queria
    ao máximo me livrar de usar um HUB.


    Desde já, agradeço a reposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! No caso do HDMI-DVI não, pois de modo geral esses conectores somente alteram a forma da conexão, o padrão de transmissão dos dois é o mesmo, somente o conector que muda.

      Excluir
    2. Só complementando caso não saiba, se utilizar esse conversor HDMI->DVI, você não irá passar aúdio, somente vídeo. Precisará utilizar o conector P2 para o áudio.

      Excluir
  3. Só uma coisa... O novo Raspi precisa de quantos amperes no mínimo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Levando em conta que ele gasta menos energia que o B, em teoria até uma fonte de 700mA daria conta do recado, mas depende do que vai ser ligado nas portas usb é claro.

      Excluir
  4. Respostas
    1. Olá... Adquiri um raspiberry pi b+ e estou quebrando a cabeça! tentei algumas vezes dar boot mas não foi e logo depois se acenderam os dois leds de uma vez...Não entendi bem, mas no arquivo vc fala sobre o polyfuse e que em alguns casos nós devemos esperar às vezes horas para voltar a usar... Será que é o meu caso? Obrigado pela resposta.

      Att

      Max

      Excluir
    2. Geralmente há problemas com o polyfuse em caso de sobrecorrente, mas não parece ser o seu caso. É a primeira vez que você liga a placa? O seu problema parece estar relacioado à algo no cartão sd, tente regravar a imagem do sistema operacional.

      Excluir
    3. Ele mantém o mesmo comportamento sem o cartão. Não foi a primeira vez que liguei a placa. Na verdade até repeti o processo algumas vezes. Na verdade, como estava no prazo, solicitei a troca pois estava dentro da garantia. De toda forma, muito obrigado.

      Excluir
  5. Boas exelente post, adquiri algum tempo um rasp b+ e não consigo activar a ficha jack 3,5 nem audio nem o sinal de video, tenho o cabo adquado mas não dá nada obrigado.

    ResponderExcluir
  6. Boas exelente post, adquiri algum tempo um rasp b+ e não consigo activar a ficha jack 3,5 nem audio nem o sinal de video, tenho o cabo adquado mas não dá nada obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está tentando utilizar o vídeo analógico? Seu cabo é aquele compativel com Zune ou Ipod? Se for deve ser alguma configuração, tente adicionar/modificar no /boot/config.txt o parametro "sdtv_mode", nele é possivel configurar os modos de vídeo, PAL, NTSC, etc, pra ver uma lista de todos os modos visite http://elinux.org/RPiconfig

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Ola belo post, estou usando um RPi 2 e tentei fazer o aumento da energia do usb para ligar o HD, porém não acho a partição /boot/config.txt para fazer a alteração.

    Alguém mais passou por isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual sistema você está utilizando? No Raspbian é exatamente esse local, pode ser que em algum o local mude, veja se o config.txt está no /

      Excluir
  9. Estou usando o KODI (xbmc) se bem me lembro não vi esse arquivo config.txt em lugar nenhum nem na "/".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá joão, chegou a conseguir achar o arquivo e ou resolver o problema de outra forma?

      Excluir
  10. Estou usando o KODI (xbmc) se bem me lembro não vi esse arquivo config.txt em lugar nenhum nem na "/".

    ResponderExcluir