segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Raspberry Pi e Arduino automatizam jardim hidropônico vertical

Projeto com Raspberry Pi

A hidroponia é uma técnica de cultivo sem solo, que utiliza uma solução nutritiva com água e todos os nutrientes necessários. Algumas das vantagens desse tipo de cultivo estão no rápido crescimento, cultivo fora de época e melhor proteção contra pragas.

A automatização desse tipo de cultivo diferenciado se torna uma forma de melhorar ainda mais a forma desse tipo de técnica. Outros projetos como por exemplo o PlantPi já fazem a utilização de automação para monitorar as plantas.

O RUFS( Robotic Urban Farm System ), desenvolvido por Paul Langdon da BLT Robotics, é construído com canos de PVC, suporta até 160 plantas, utiliza diversos Arduino's e um Raspberry Pi para automatizar e monitorar todo sistema.

Projeto com Raspberry Pi

O sistema monitora a temperatura, umidade, intensidade de luz, controla os ciclos de irrigação, monitora e corrige os nutrientes e pH da água, contém também controles de circulação de ar e luz para plantações internas.

Projeto com arduino, circuito

Raspberry Pi

Enquanto uma série de Arduino's fazem a leitura de sensores etc, os dados são repassados para o Raspberry Pi, que além de criar logs dos dados, roda um servidor web que hospeda uma interface web. Ela pode ser acessada por meio de qualquer smartphone, tablet ou pcs, sendo possível receber notificações de sistema e alertas quando algo não está correto.

Interface web





O projeto foi apresentado na Maker Faire de 2013 em Nova York e ganhou o prêmio de melhor projeto de sustentabilidade. Ganharam também o grande prêmio na competição do Instructables.

O tutorial com todas as instruções de montagem pode ser conferido no Instructables.

Fontes e referências:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hidroponia
http://www.treehugger.com/gadgets/raspberry-pi-arduino-diy-vertical-hydroponic-garden.html
http://www.instructables.com/id/Vertical-Hydroponic-Farm/?ALLSTEPS
http://www.bltrobotics.com/farm.php

Nenhum comentário:

Postar um comentário