segunda-feira, 18 de maio de 2015

PiDrive: Placa de expansão mSATA pode estar chegando ao Raspberry Pi

expansão msata raspberry pi

Apesar de parecer sem sentido para alguns (explico abaixo), a placa de expansão mSATA acima pode estar disponível futuramente para o Raspberry Pi B+ e posteriores.

Sendo hoje somente um protótipo, a PiDrive (como foi chamada pelo seu criador) em seu estado atual é uma placa de expansão para conexão de SSDs com interface mSATA (utilizada geralmente em notebooks).

Suportando até 512GB (lembrando que já existem SSDs mSATA de 1TB) a placa  somente (ao menos no protótipo atual) encaixa nos pinos do Raspberry Pi, sua conexão e alimentação é via USB (com o aumento de corrente ativado).

expansão msata raspberry pi

Utilizando o SSD de 128GB que aparece na primeira foto, o consumo fica entre 150mA em repouso e 316mA máximos em uso. A velocidade média foi de 39MB/s de escrita e 35MB/s de leitura com um Raspberry Pi 2 Modelo B.

expansão msata raspberry pi

expansão msata raspberry pi

Para alguns (inclusive li comentários) pode não fazer sentido devido ao tipo de conexão necessária, o SoC do Raspberry Pi contem somente uma linha USB 2.0 que é compartilhada entre a ethernet e as portas USB. Mesmo com somente uma linha USB em uso, o limite estaria teoricamente em 480mbps (60MB/s).

Apesar dos SSDs como o testado estarem limitados a essa margem (e nos testes manter uma taxa mais baixa), ainda assim há vantagens acima dos cartões SD, vários SSDs também conseguem manter taxas mais altas em escrita/leitura sequencial, além de ter teoricamente uma durabilidade maior.

Alguns leitores no reddit (onde foi postado sobre o projeto) já se mostraram interessados.

A vantagem frente a conversores externos está no formato compacto (e preço dependendo da versão) ao se conectar nos pinos do Raspberry Pi.

O custo aproximado será entre $25 (R$75,23) e $29 (R$87,27), sem o SSD mSATA incluso é claro. Infelizmente ainda não há certeza de que estará disponível comercialmente e nem previsão.

Os que não querem esperar e precisam de uma solução mSATA é possível encontrar esses conversores em formato externo como esses também ligados via USB, lembrando que apesar de muitos serem USB 3.0, ao ligar na USB 2.0 do Raspberry Pi você estará limitado a velocidade dele.

Fonte: http://www.reddit.com/r/raspberry_pi/comments/367crc/msata_ssd_expansion_board_for_raspberry_pi_b_and_2/

Nenhum comentário:

Postar um comentário