quinta-feira, 28 de maio de 2015

Consumo do Raspberry Pi parte 4 - Modelo A+ o campeão da economia

Consumo do Raspberry Pi A+

Já passamos pela primeira, segunda e terceira parte sobre o consumo de energia do Raspberry Pi. Nas duas primeiras partes a versão utilizada foi a modelo B revisão 2. Na primeira o objetivo foi o máximo de economia, a segunda no de uso geral e a terceira foram refeitos os testes e comparados com o Raspberry Pi B+.

A quarta parte apresenta dados de consumo do Raspberry Pi A+ e também realiza algumas comparações com os outros modelos.

Assim como o Raspberry Pi B+, o modelo A+ contém um regulador chaveado ao invés de linear.

É de conhecimento que um dos grandes consumidores de energia na placa é o chip LAN9512 (ou LAN9514 caso dos atuais com 4 USBs). Com a ausência desse chip que tanto atua como HUB usb como controlador ethernet, o consumo do Raspberry Pi A+ é extremamente baixo comparado aos outros modelos. A utilização desse modelo é ótima em projetos que dependem de uma bateria, como o caso da câmera de ação com Raspberry Pi A+.

Medições de consumo do Raspberry Pi A+


Após a inicialização do sistema o consumo foi de 0.45W (5.09v * 89mA). Sem cabo ethernet nos outros dois modelos.

Consumo do Raspberry Pi A+ pos boot

Com a saída de vídeo desativada (RCA/HDMI /opt/vc/bin/tvservice -o) o consumo fica em 0.38W (5.09v * 75mA). Observação: Nos testes dos outros modelos o cabo ethernet estava ligado, entretanto incluí no gráfico para se ter uma comparação de quanto gastavam com esse serviço (vídeo) desativado. Há a possibilidade de desativar o subsystem USB (que em conjunto acaba desligando o ethernet também) como visto nos outros posts. O procedimento para desabilitar o USB demonstrado anteriormente não tem efeito no Raspberry Pi A+ pois ele não possui o chip LAN9512/LAN9514.

Consumo do Raspberry Pi A+ video desligado

O consumo da placa em espera (depois de desligada) é de somente 0.16W (5.10v * 31mA).

Consumo do Raspberry Pi A+ sistema desligado

O teste com o binário compilado contendo somente um loop resultou em um consumo de 0.68W (5.07v * 135mA).

Consumo do Raspberry Pi A+ loop infinito

O loop infinito em conjunto com o estresse de memória resultou em um consumo de 0.97W (5.06v * 192mA).

Consumo do Raspberry Pi A+ loop infinito memcpy

No teste de cálculo de hash md5 em um arquivo de 250MB resultou em um consumo de 0.69W (5.08 * 136mA).

Consumo do Raspberry Pi A+ md5sum

No hash sha256 o consumo foi de 0.80W (5.07 * 159mA). Nos testes das placas anteriores o calculo tanto de md5 como sha256 resultou no mesmo consumo para ambas as placas, ao contrário do A+ em que o consumo foi diferente.

Consumo do Raspberry Pi A+ sha256sum

Assim como no caso dos outros modelos a execução do sha512 tem um consumo menor, são 0.55W (5.08 * 110mA). Mas assim como dito anteriormente, esse algoritmo leva muito mais tempo.

Consumo do Raspberry Pi A+ sha512sum

Ao copiar o arquivo de testes (250MB) para um novo arquivo utilizando o comando "cp" o consumo também é variável assim como nos modelos anteriores, segue o vídeo.



A decodificação de vídeo em 720p (trailer de Big Buck Bunny) mantém um consumo variado.



A decodificação de vídeo em 1080p (trailer de Big Buck Bunny) também mantém um consumo variado só que maior.



Com o sistema em repouso e utilizando o mesmo teclado sem fio dos outros testes na USB, o consumo permaneceu em 0.74W (5.07 * 146mA).

Consumo do Raspberry Pi A+ idle teclado

Ainda com o teclado conectado, ao realizar o teste de loop com memcpy o consumo foi de 1.25W (5.05 * 249mA).

Consumo do Raspberry Pi A+ teclado e loop

Testes de conexão com cabo HDMI foram abolidos por não haver diferença significante no consumo.

Alguns outros testes foram também removidos devido a ausência de ethernet e USBs adicionais

O consumo jogando Minecraft (somente teclado conectado) foi de 1.03W (5.06v * 205mA).

Conclusão


Caso seu projeto dispense os recursos dos modelos mais caros, o Raspberry Pi A+ é hoje a melhor escolha entre os outros modelos no que diz respeito à economia de energia. Além de ser econômico, entra também o detalhe de seu valor de venda que é mais baixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário